Plano de Marketing Para Restaurantes - 7 Passos Para Criar o Seu!
Dicas de Gestão Foodservice

7 passos para criar um plano de marketing para restaurantes

Beatriz Brasil,

16 março 2022

Você sabia que criar um plano de marketing para restaurantes é uma excelente maneira de definir ideias e estratégias para manter o ritmo e promover seu estabelecimento em curto, médio e longo prazo?

 

Embora o marketing de restaurantes seja um tópico extenso, existem alguns princípios e mecanismos gerais que você pode utilizar para concentrar seus esforços em estratégias que produzirão resultados.

 

Em nosso conteúdo “Aprenda a elaborar um planejamento estratégico para restaurantes!” trouxemos um breve tutorial para quem deseja administrar melhor seu negócio e nesse post iremos complementar um dos tópicos mais importantes que foram apresentados: o plano de marketing!

 

O que é plano de marketing?

 

Um plano de marketing é um relatório que descreve sua estratégia mensal, trimestral ou anual. Normalmente, um plano de marketing para restaurantes inclui:

 

  • Visão geral das metas de marketing e publicidade da sua empresa;
  • Descrição da posição de marketing atual da sua empresa;
  • Linha do tempo de quando as tarefas dentro de sua estratégia serão concluídas;
  • Indicadores-chave de desempenho (KPIs) que você acompanhará;
  • Descrição do mercado-alvo da sua empresa e das necessidades dos clientes.

 

Em um modelo de plano de marketing para restaurantes, por exemplo, pode ser apresentada metas de vendas via delivery, análise dos concorrentes na região ou até mesmo número de seguidores nas redes sociais.

 

Como desenvolver um plano de marketing para restaurantes

 

Para desenvolver o plano de marketing do seu restaurante você deve reunir partes relevantes do seu plano de negócios, considerando os objetivos que descreveu e elaborando estratégias para alcançar os resultados.

 

1º Passo – Solidifique sua marca

 

Antes de iniciar o brainstorming das atividades de marketing, revise a declaração de missão, a declaração de visão, as propostas de valor e a declaração de posicionamento da sua marca. 

 

Estes já devem estar em seu plano de negócios, mas é importante olhá-los pela perspectiva do marketing de restaurante. Em boa parte dos planos podemos encontrar:

 

  • Missão: uma declaração de missão é a razão pela qual seu restaurante existe. As declarações de missão são geralmente de uma a três frases e aproximadamente 50 palavras. 

 

  • Visão: sua declaração de visão deve responder à pergunta: “O que seu restaurante espera criar no futuro?” Torná-lo inspirador e motivacional, anunciar seus objetivos e como você pretende impactar seus clientes e a indústria de restaurantes no futuro. 

 

  • Valores: em uma frase, descreva o valor exclusivo que seu restaurante oferece aos clientes. Sinta-se à vontade para dividir essa frase em três ou quatro propostas de valor exclusivas do seu restaurante. Você usará essas declarações para descrever como seu restaurante se destaca da concorrência.

 

  • Posicionamento: em uma frase, descreva como você deseja que concorrentes, clientes e o restante do mercado o percebam.

 

2º Passo –  Lembre-se do seu público-alvo.

 

Seu público-alvo foi definido com base nos dados demográficos, psicográficos e comportamentos de seus segmentos de clientes. Todas as estratégias de marketing de restaurantes que você desenvolver devem falar com um ou mais segmentos de seu mercado-alvo .

 

Faça as seguintes perguntas para cada segmento de cliente:

 

  • Eles se comunicam nas mídias sociais ou sites de revisão?
  • O que eles fazem antes de escolher jantar em um restaurante?
  • Eles preferem jantar no local ou levar?
  • Que tipo de eventos eles gostam?
  • Eles são influenciados por cupons ou descontos?

 

Sinta-se à vontade para adicionar outras perguntas específicas possam abordar os comportamentos de cada segmentação de clientes. 

 

Dessa forma, você vai querer determinar as motivações por trás da escolha de um restaurante em detrimento de outro, para que você possa falar adequadamente com seu público-alvo de maneiras que ressoem com eles. 

 

Vamos trazer o público-alvo de uma hamburgueria como exemplo:

 

Se o público A é composto por pessoas que trabalham na região e costumam frequentar no horário de almoço e pagar com vale-refeição, é necessário criar uma comunicação voltada para esse perfil.

 

Essa comunicação não será a mesma utilizada para o público B, jovens que fazem reservas no período da noite para se reunir com os amigos e permanecer muito mais tempo no local.

 

Ambos fazem parte do público-alvo da hamburgueria, porém cada um possui particularidades e necessidades distintas que demandam atenção diferenciada. 

 

3º Passo –  Faça uma análise SWOT de seus concorrentes

 

Em nosso conteúdo de planejamento estratégico nós trouxemos a importância de criar uma análise SWOT do seu estabelecimento, mas sabia que também é possível usar essa ferramenta para avaliar seus concorrentes?

 

Ao estudar de três a cinco principais concorrentes locais, você pode encontrar muitas informações relevantes que podem melhorar o desempenho do seu restaurante.

 

Para cada concorrente, faça uma análise SWOT:

 

  • Pontos fortes (strengths): O que seus concorrentes estão fazendo certo? Ao entender onde estão indo bem, você pode estudar como ser ainda melhor.

 

  • Pontos fracos (weaknesses): O que poderiam melhorar? Aprenda com os erros de seus concorrentes, identificando falhas em suas operações.

 

  • Oportunidades (opportunities): Como você pode explorar as fraquezas de seus concorrentes e tornar-se melhor? 

 

  • Ameaças (threats): Seus concorrentes oferecem algo único que você não pode? Estude como melhorar suas vulnerabilidades.

 

4º Passo –  Defina seus diferenciais de mercado

 

Ao comparar os resultados do levantamento dos concorrentes com a análise SWOT de seu próprio restaurante será possível definir o seu diferencial de mercado. Em seguida, escreva uma declaração que demonstre sua vantagem sobre a concorrência.

 

Alguns exemplos de diferenciais de mercado são preços mais baixos, localização exclusiva, pratos especiais, excelência no atendimento, a atmosfera do seu restaurante ou a cultura que você está criando.

 

5º Passo –  Crie seu “Elevator Pitch”

 

Elevator pitch ou discurso de elevador é como você descreveria seu estabelecimento para um estranho em 60 segundos ou menos. É importante ter isso em mente ao elaborar as mensagens por trás das promoções mais tarde.

 

Nele você deve dizer:

 

  • O nome e o conceito do seu restaurante;
  • O tipo de cozinha que você oferece;
  • O que você faz para o seu público-alvo;
  • Como você faz isso de forma única.

 

Exemplo: A MCA Burgers é uma hamburgueria gourmet rápida e casual com lanches inspirados na culinária texana. Está localizada em São Paulo, próxima a grandes universidades e oferece um serviço rápido, delicioso e nutritivo para estudantes e professores.

 

6º Passo – Defina e priorize os objetivos de marketing do seu restaurante

 

As prioridades de marketing do seu restaurante na inauguração irão mudar à medida que seu negócio se desenvolver. No entanto, mesmo com as mudanças, todas as iniciativas de marketing de restaurantes servirão a pelo menos um desses três propósitos:

 

  • Marca – Sua identidade como negócio, quem é e o que faz.
  • Aquisição de clientes – Como lotar a casa e gerar consumo.
  • Fidelização de clientes – Como manter a preferência dos clientes que chegaram.

 

Inicialmente um restaurante precisa estabelecer sua marca e adquirir clientes. Com o tempo, seu objetivo será fortalecer sua marca e fidelizar os consumidores. Os objetivos variam de acordo com o momento do negócio.

 

7º Passo – Escolha suas estratégias promocionais

 

Com base em seu orçamento, público-alvo e metas, escolha estratégias de divulgação para promover seu estabelecimento. 

 

Existem diversas opções, digitais e tradicionais. Desde panfletos até mídias sociais, cada estratégia oferece prós e contras, portanto é necessário estudar, escolher e testar, modificando conforme for mais relevante.

 

Aqui no blog você encontra várias dicas de como investir em cada estratégia, como:

 

 

Quer investir em mídia paga? Então não deixe de visitar esse post sobre Publicidade Digital da nossa parceira Degrau Publicidade.

Compartilhe esse conteúdo:

Leia também:

Entre em Contato